Presidente da Câmara de Miraíma participa de Audiência Pública realizada pela Paróquia São Pedro

#Audiência 16 de março de 2018
A Paróquia de São Pedro promoveu no último dia 16, a Audiência Pública sobre a Campanha da Fraternidade com o tema: FRATERNIDADE E SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA, para tratar sobre relatos de violência que estão presentes no cotidiano da população. Na ocasião, foram abordados assuntos como; violência no campo; violência religiosa; violência no trânsito; intolerância e irresponsabilidade no trânsito.

Durante o encontro estiveram presentes o Pároco de Miraíma Pe. Antonio Lopes, Dr. Sales - Presidente da Câmara Municipal, Eliane Oliveira - Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Toinha Pinheiro - Secretária de Saúde do município, Diego Linhares - Procurador Jurídico, Tany Gomes - Ouvidora Municipal, representantes escolares e população em geral.

Os representantes do Poder Público Municipal, fizeram pronunciamentos acerca dos questionamentos abordados na reunião. O Procurador do Município Dr. Diego Linhares, ressaltou que a violência no meio jurista, diante da igreja, acredita em meios de ressocialização como forma de melhorias e faz uma análise das divulgações feitas em mídias sociais, onde as pessoas expõem a violência de forma crítica.

Contudo, o Presidente do Legislativo, Raimundo Ribeiro Sales, sugeriu que fossem promovidos projetos, escolas de tempo integral, programas sociais e eleições justas, para que as pessoas possam escolher representantes que trabalham de forma atuante no poder público. "A violência é realmente generalizada, mas existe um ponto chave. Ela tem endereço e cor! O negro é preferencial! 55% dos brasileiros dizem que são pretos ou pardos, mas 68% são os que morrem, ou seja, existe um número ainda maior de mortes. Com esse percentual, o Brasil encontra-se em 3º lugar com mais presos no mundo, por violência", destacou o Presidente que concluiu seu pronunciamento afirmando que a Câmara de Miraíma está disposta em contribuir com a população em quaisquer projetos que priorizem o bem-estar social.
Deixe o seu comentário

Qual o seu nível de satisfação com essa página?


Muito insatisfeito

Pouco insatisfeito

Neutro

Pouco satisfeito

Muito satisfeito